Guns N’Roses: uma história cheia de hinos e controvérsias

A banda atua em Portugal a 4 de junho no Passeio Marítimo de Algés
Rádio Arena
06 Abril 2022

Os Guns N’Roses atuam em Portugal no próximo dia 4 de junho no Passeio Marítimo de Algés no qual a banda de Axl Rose vem apresentar aos portugueses canções míticas que marcaram toda uma geração.

Voltando atrás no tempo, importa referir que após a formação do grupo em 1985, Guns N ’Roses injetaram uma atitude incomparável e imparável no crescente cenário do rock de Los Angeles. O grupo cativou o mundo inteiro com o lançamento de “Appetite for Destruction” de 1987, a estreia mais vendida de sempre nos EUA, com 30 milhões de cópias a nível mundial.

O disco de 1987 continha alguns dos hinos rock que ainda hoje figuram regularmente nas listas dos melhores temas rock de sempre. “Welcome to the Jungle” foi o primeiro a chegar ao top das tabelas de vendas de singles, mas o que se seguiu não deixou os créditos por mãos alheias, e é provavelmente, ainda hoje, o maior sucesso de sempre dos Guns N’Roses: “Sweet Child O’Mine”, música que contém um dos inícios de canções rock mais icónicos de sempre, com os inconfundíveis riffs de guitarra de Slash.

Dois anos depois da formação da banda, os Guns N’Roses estavam já no topo do mundo. “Appetite For Destruction”, era nº1 em todas as tabelas e a banda esgotava estadios por onde quer que passasse. Do álbum, outros hinos haveriam de ficar no ouvido de todos como “Paradise City”.

Poucos meses depois era também um lançado um EP onde podiam ser ouvidos temas “Used to Love Her” ou “Patiente”, dois temas também obrigatórios ainda hoje em qualquer concerto da banda norte-americana.

No final da década de 80 os Guns N’Roses eram o maior fenómeno rock mundial, mas o sucesso da banda era acompanhado sempre com notícias de agressões a vizinhos e repórteres, tumultos constantes gerados durante os concertos, abuso de drogas e bebida, prisões e dezenas de processos em todos os países por onde a banda passava. Fama de Bad Boys da qual nunca se viriam a livrar. Portugal também não escapou à “irreverência” da banda com um concerto no Estádio de Alvalade” que terminou pouco depois de terem subido ao palco.

Segue-se a temporada de “Use Your Illusion” I e II. Dois álbuns lançados em simultâneo e que voltariam a ser sucessos estrondosos, atingindo com estes, o pico de sucesso da banda.

Estávamos no início da década de 90. O rock mais clássico dos Guns rivalizava com um novo som que chegava de Seattle de bandas como os Nirvana, Pearl Jam ou Soundgarden.

Os Guns N’Roses não só esgotavam todos os concertos da digressão como batiam recordes. Ficou para a história os concertos realizados no Rio de Janeiro, no Brasil inseridos no Rock In Rio 2 onde atuaram por duas vezes para uma audiência aproximada de 140 mil pessoas.

“Live and Let Die” é um dos temas de “Use Your Illusion” que reflete a energia colocada em palco pela banda.

“Live and Let Die” é uma versão de um tema original de Paul McCartney e utilizada como tema principal de um dos filmes de James Bond, protagonizado por Roger Moore.

Os Guns N’Roses ficaram também conhecidos pelos seus vídeos, um dos quais é, ainda hoje um dos mais vistos de sempre no YouTube, “November Rain”, tendo este já ultrapassado os mil milhões de visualizações.

Segue-se uma época de controvérsias no seio da banda. Primeiro com a saída do guitarrista Slash e depois com os eternos adiamentos de novos lançamentos. Durante este período apenas foi lançado “Sympathy For the Devil”, o último single com Slash.

Demoraram alguns anos até editarem “Chinese Democracy” em 2008, um disco que acabaria por ficar bem longe da notoriedade dos álbuns anteriores.

O concerto de Guns N’ Roses, no Passeio Marítimo de Algés, encontra-se marcado para o dia 4 de junho de 2022, com a primeira parte do espetáculo a cargo de Gary Clark Jr.

Com seis álbuns de estúdio, Guns N ’Roses são uma das bandas mais importantes e influentes da história da música e continuam a ser referência única em atuações ao vivo. Axl Rose (vocais, piano), Duff McKagan (baixo), Slash (guitarra), Dizzy Reed (teclado), Richard Fortus (guitarra rítmica), Frank Ferrer (bateria) e Melissa Reese (teclado) são quem dá vida a esta banda icónica que faz parte do universo musical dos milhões de fãs conquistados ao longo de mais de três décadas de existência.

Rádio Arena

Artistas no artigo: Axl Rose | Guns N'Roses | Slash

Outras novidades

Diogo Piçarra anuncia novo álbum “SNTMTL”

Diogo Piçarra anuncia novo álbum “SNTMTL”

Diogo Piçarra anunciou hoje a data de lançamento do seu próximo álbum de originais, "SNTMNTL" ou "Sentimental". Este será o seu quarto álbum de estúdio e que é lançado quatro anos após a edição de "South Side Boy". O álbum ficará disponível em todas as plataformas...

Lizzy McAlpine anuncia o lançamento de novo álbum “Older”

Lizzy McAlpine anuncia o lançamento de novo álbum “Older”

Lizzy McAlpine está pronta para lançar seu mais recente álbum, intitulado "Older", a 5 de abril. A faixa-título do álbum já está disponível para audição. Nas suas próprias palavras, Lizzy McAlpine descreve o álbum como "uma representação de seu crescimento nos últimos...

Pearl Jam anunciam novo álbum: “Dark Matter”

Pearl Jam anunciam novo álbum: “Dark Matter”

A banda Pearl Jam, ícone do grunge e do rock alternativo, anunciou nesta terça-feira o lançamento de seu 12º álbum de estúdio, intitulado "Dark Matter". O sucessor de "Gigaton" (2020) será lançado no dia 19 de abril pela Monkeywrench Records, editora independente de...