D.A.M.A – “Loucamente” ft Los Romeros

Depois do enorme sucesso que foi, e continua a ser, “Casa” com Buba Espinho, os D.A.M.A voltam a buscar inspiração na música tradicional, desta vez cigana. “Loucamente” é o novo sucesso do trio composto por Miguel Cristovinho, Kasha e Miguel Coimbra. O tema tem a participação do Los Romeros.

Nas redes sociais as publicações sobre o lançamento da canção tornaram-se rapidamente virais, não sendo alheio o facto de Cristina Ferreira, uma das figuras mais mediáticas em Portugal ter elogiado bastante a canção escrevendo no seu instagram “‘Loucamente’ ouve-se vezes seguidas. Tentem não cantar com eles e dou-vos um doce. É que é impossível. Parabéns a todos os envolvidos. A minha vida é mais leve convosco. E bonita. Que venham os coliseus

Letra de “Loucamente”

Loucamente eu te procurei
Te procurei, Não te encontrei
E o teu nome eu gritei

O vendo e a chuva me matavam
O vento com força soprava
E nos meus olhos minhas lágrimas

Ai loucamente eu te procurei,
Te procurei, não te encontrei
Adormeci tive um sonho
Ai que me estavas a beijar

É uma história que tu sabes
Que para sempre eu vou-te amar
E para sempre eu vou-te amar
Para sempre eu vou-te amar

Oh meu amor
Ai se eu pudesse te abraçar agora
Poder parar o tempo nessa hora
Para que nunca te deixe ir embora (x2)

Recordo-me quando te conheci
Eu olhei para ti,
Estavas tão linda

Agora não dá mais pra esconder
O que eu sinto por ti
Ai é amor

Eu quero é dizer-te que sim
O que eu sinto por ti
Ai é amor

Oh meu amor
Ai se eu pudesse te abraçar agora
Poder parar o tempo nessa hora
Para que nunca te deixe ir embora (x2)

Eu não sei se é só de mim,
Um passarinho disse-me que sim
Às quatro da madrugada esperas por mim ou não?
Eu ando louco sem saber se ainda és minha ou não

O meu coração anda praí, ninguém o prende
E a liberdade não me deu ninguém mais quente
Será que és tu que ainda me tens ainda me sentes
Ainda me sentes (x2)

Oh meu amor
Ai se eu pudesse te abraçar agora
Poder parar o tempo nessa hora
Para que nunca te deixe ir embora (x2)

Música e Letra: Paulo Bernardo, Nelson Salazar, Miguel Coimbra, Francisco Pereira, Miguel Cristovinho

Rádio Arena

[instagram-feed feed=2]